“All you need is love”; reflexão sobre ataque jornal francês e tiroteios em Curitiba

“All you need is love”

As cenas chocantes do ataque ao jornal francês Charlie Hebdo e os quatro tiroteios em Curitiba nos trazem recados densos: onde falta amor a brutalidade toma conta.
Onde falta afeto para uma criança ou para um adulto, abre-se a porta para brutalidade.
Onde falta fraternidade entre iguais e entre diferentes, sobram convites à brutalidade.
Onde falta discernimento e lucidez, sobra brutalidade.
Onde falta educação de qualidade, sobra a brutalidade.
Onde a falta de respeito estiver presente no tom de voz, na cerceamento à liberdade de pensamento e de escolhas, na omissão dos direitos fundamentais, a brutalidade toma conta geral.
Onde falta segurança nas ruas, nas casas, quando não se enxergam novas perspectivas, a brutalidade se fortalece.
Onde falta decência aos governantes, a brutalidade toma conta geral!
Onde falta justiça a brutalidade vira déspota!
Onde falta liberdade de imprensa a brutalidade instaura o medo, como ontem aconteceu na França, como aconteceu com vários jornalistas decapitados, como acontece diariamente com pessoas anônimas vítimas de atrocidades e que não estão nas páginas do noticiário.
Quando muitos perdem, todos perdem.
Chega de perder. Vamos abrir as portas ao trio amor/ética/fraternidade.
**Jaqueline Pereira (jornalista, assessora de imprensa, professora).

FOTO JAQUELINE-2013-PERFIL-BLAZER PRETO

Comments are closed.